Asus revela novo notebook ultra fino

A Asus e bem conhecido pelos equipamentos, peças, acessórios para montagem de computadores poderosos de boas configurações sendo que a Asus já fabricavam Notebooks bons a fabricante quis mostrar que não está para brincadeira. A Asus decidiu fazer bom uso dos novos processadores Core i9 da Intel, que ganharam em abril deste ano uma versão para notebooks. A empresa revelou uma nova versão do Zenbook Pro 15, utilizando o chip em um formato superfino, contando ainda por cima com placa de vídeo dedicada e tela com resolução 4K. O modelo em questão utiliza, mais especificamente o modelo de processador i9-8950HQ com 6 núcleos de processamento, contando também com uma placa gráfica intermediária GTX 1050 com 4 GB de memória. Isso faz com que o Zenbook seja capaz de rodar de forma aceitável a maioria dos jogos mais recentes, embora não seja este o foco do produto. O que chama a atenção, no entanto, é a capacidade de concentrar esses componentes em um formato pequeno e leve. O aparelho conta com menos de 2 centímetros de espessura, pesando aproximadamente 1,86 kg. Até existem alguns notebooks com especificações similares, mas eles costumam ser muito maiores e pesados, seguindo o estereótipo do “notebook gamer”.

Asus

A tela também é uma parte importante do Zenbook, contando com duas opções de resolução: 1080p e 4K. Ambas têm 15,6 polegadas com tecnologia LCD IPS, com destaque ao espaço de reprodução de cores AdobeRGB de 100%, o que permite boa reprodução de cores de uma forma rara em notebooks Windows. Completando as especificações, o notebook traz opções de 8 GB ou 16 GB de memória RAM, enquanto o armazenamento em SSD pode chegar a até 1 TB, contando com bateria de 71 Wh, o que, segundo a Asus, permite 9,5 horas de uso contínuo. O aparelho também conta com duas portas Thunderbolt 3, duas entradas USB 3.1 (formato convencional, não tipo USB-C), saída HDMI, leitor de cartão de memória e uma porta proprietária para recarga de bateria.
TecSuperNews

Comentários

Postagens mais visitadas

Já ouviu falar em cabo submarino? Ele leva a internet pelos oceanos no mundo todo

Google quer forçar fabricantes a liberar atualizações para o Android